Las Vegas é conhecida como a capital do jogo do mundo, com milhares de pessoas viajando para a cidade do deserto todos os anos para experimentar suas mais de 100 cassinos. Seja para jogar blackjack, poker ou caça-níqueis, a experiência de jogo em Las Vegas é insuperável. No entanto, há um aspecto preocupante desse vício de jogo que é cada vez mais comum: vício em máquinas de jogos.

As máquinas de jogos se tornaram a principal fonte de receita dos cassinos de Las Vegas, com um total de US $ 7,7 bilhões em receita de máquinas de jogos em 2018. Essas máquinas são projetadas com base em um modelo de negócio que visa maximizar o tempo de jogo e rentabilidade do cassino. Ao explorar os padrões de comportamento humano, os designers de máquinas de jogos projetam jogos com base em psicologia comportamental, que são altamente viciantes para os jogadores.

O livro Addiction by Design, de Natasha Dow Schüll, explica como as máquinas de jogos são projetadas para se assemelhar a jogos de celular, redes sociais e aplicativos, que criam uma ilusão de controle e habilidade. Essa ilusão encoraja os jogadores a gastar mais dinheiro, já que eles se sentem capazes e confiantes em sua capacidade de vencer o jogo. Além disso, o design sem janelas e sem relógios em cassinos permite que os jogadores percam a noção do tempo, jogando por horas sem perceber.

No entanto, o vício em máquinas de jogos pode ter consequências prejudiciais para a saúde mental e financeira dos jogadores. Jogadores problemáticos podem sofrer de depressão, ansiedade, isolamento social e problemas financeiros devido ao seu hábito de jogo. O jogo também pode afetar negativamente relacionamentos com familiares e amigos, bem como as chances de conseguir novos empregos e oportunidades.

Em conclusão, a indústria de jogos em Las Vegas continua a lucrar com as máquinas de jogos altamente viciantes que criou. É importante que os jogadores e o público em geral tenham consciência dos efeitos potencialmente perigosos do vício em máquinas de jogos e da necessidade de regulamentação adequada para garantir a segurança dos jogadores. É preciso haver maior divulgação sobre o design dessas máquinas e políticas que limitam o tempo de jogo e o gasto financeiro para ajudar a proteger os jogadores.